Tabuleiro do Norte terá fábrica de cimento de R$ 270 milhões

0
Compartilhe

O Ceará, que já tem duas gigantescas fábricas de cimento, ganhará mais uma.

A empresa paulista Itaci Indústria e Comércio de Argamassas – do grupo Hipermix, com atuação no Sul e Sudeste do País – construirá em Tabuleiro do Norte, no Leste do Estado, uma fábrica de cimento que consumirá investimentos de R$ 270 milhões, segundo revelou a este colunista uma fonte da Federação das Indústrias (Fiec).

O secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Ceará, engenheiro Maia Júnior, confirmou a informação, mas não quis fornecer mais detalhes.

A fonte da Fiec revelou que a Itaci já comprou, na zona rural de Tabuleiro Tabuleiro do Norte, um terreno com área de aproximadamente 100 hectares, dentro da qual se localiza uma grande mina de calcáreo, matéria-prima do cimento. A empresa – ainda de acordo com a mesma fonte – já obteve licenciamento ambiental prévio da Semace.

Este colunista também apurou que a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) garantiu à Itaci o fornecimento da escória do seu alto forno que será, na fábrica de Tabuleiro do Norte, misturado ao clínquer no processo industrial de produção do cimento.

A Itaci – cujos diretores seguem mantendo contatos com o secretário Maia Júnior e com a direção da Fiec – também já requereu, por meio da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), a concessão de incentivos fiscais do Fundo de Desenvolvimento Industrial (FDI) que o Governo cearense concede a quem investe no Estado.

Maia Júnior, embora negando-se a dar detalhes sobre o projeto cimenteiro da Itaci, declarou-se “muito feliz” com a chegada de mais um grande grupo industrial ao Ceará. Em meio a tantas dificuldades por que passa a economia do País, “a do Ceará mantém-se em crescimento, e isto é produto da credibilidade que alcançou o Governo do Estado”.


DHomem

Deixe um comentário