Sem enfermeira e técnica, moradores do Peixe cobram agilidade na vacinação de idosos contra COVID 19

0
Compartilhe

A comunidade do Peixe que conta com uma Unidade Básica de Saúde, vem cobrando agilidade na aplicação de vacinas contra COVID 19 nos idosos do grupo prioritário. É que segundo moradores, a UBS está desfalcada de um enfermeiro e técnico de enfermagem, afastados das atividades por problemas de saúde.

Sem a atuação dos profissionais, o cronograma de vacinação está sofrendo atrasos naquela região. Pelo menos é o que denunciam moradores do Distrito.

O ex-vereador João Paulo Moreira, liderança politica da região, entrou em contato nesta quarta-feira, 03, com a secretária de saúde, Kelly Leitão, cobrando urgência para a solução do problema. Segundo ele, caso os profissionais não retornem as suas atividades, a gestão precisa pensar na substituição imediata dos servidores, para garantir agilidade na aplicação das doses destinadas aos idosos do grupo prioritário que aguardam ansiosamente sua imunização.

“Estamos numa corrida contra o tempo. Não se pode perder um único segundo com relação a aplicação da vacina” comentou o ex-parlamentar.

Nossa reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Município. A titular da pasta, confirmou o afastamento das duas profissionais de saúde e informou que nesta quinta-feira, 04, a técnica de enfermagem já retornará as atividades normais.

Ainda de acordo com a secretária, com o retorno da primeira profissional já é possível retomar a agenda de vacinação contra a COVID 19 nos idosos da comunidade inseridos no grupo prioritário, e consequentemente o cronograma será normalizado.

 

FONTE- Imprensa do Vale


DHomem

Deixe um comentário