Quatro pessoas da mesma família são presas com armas e drogas, no Ceará

0
Compartilhe

Quatro pessoas de uma mesma família foram presas com armas, dinheiro e entorpecentes na manhã desta quarta-fera (22), em Aracati, Litoral Leste do Ceará.

Segundo a polícia, agentes de segurança foram até um bar no Bairro Cacimbinha do Povo, onde, de acordo com denúncias, funcionava um ponto de venda de drogas. Ao chegar no local, os policiais constataram que o estabelecimento funcionava como fachada. Os frequentadores iam ao local para consumir entorpecentes fornecidos por Alison Silva, de 41 anos, que é filho da dona do bar, Maria Delma Silva, 54 anos, conhecida como “Zeca”.

No bar foram apreendidos R$ 1.108 em dinheiro oriundo do tráfico e um veículo Fiat Pálio. Na casa do suspeito, foram encontradas 175 gramas de cocaína, 80 trouxinhas de crack, além de aparelhos celulares e sacos para embalar drogas.

Em um cômodo do imóvel foi presa Ivana Cristina da Silva Correia (21), irmã de Alisson e filha de “Zeca”. Ela agia dentro do esquema criminoso como informante acerca do movimento policial na rua, conforme investigações.

As buscas seguiram e levaram os policiais até a casa de Virgílio Guilherme da Silva, 57 anos, padrasto de Alisson, onde foi encontrada uma espingarda calibre 22 e dez munições pertencentes ao filho de “Zeca”.

Os quatro suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Aracati, onde Alison foi autuado pelos crimes de tráfico, associação para o tráfico, crime contra a ordem tributária e porte ilegal de arma. Já Delma foi autuada por tráfico e associação para o tráfico. Ivana foi autuada por associação para o tráfico e por colaborar como informante, além de Virgílio, que foi autuado por posse ilegal de arma de fogo.

Os quatro suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Aracati, onde Alison foi autuado pelos crimes de tráfico, associação para o tráfico, crime contra a ordem tributária e porte ilegal de arma. Já Delma foi autuada por tráfico e associação para o tráfico. Ivana foi autuada por associação para o tráfico e por colaborar como informante, além de Virgílio, que foi autuado por posse ilegal de arma de fogo.

G1CE


DHomem

Deixe um comentário