Prefeito de Russas anuncia que o município entrará em consórcio para compra direta de vacinas

0
Compartilhe

Durante live na manhã desta quinta-feira (04) o prefeito de Russas, Sávio Gurgel, anunciou que o município de Russas vai integrar o consórcio de municípios para compra direta da vacina contra COVID -19.

O gestor já assinou o formulário para adesão do consórcio e até a próxima segunda-feira (8) o município deverá enviar à Câmara Municipal um projeto de lei para que os vereadores autorizem a adesão ao consórcio público. “Devido a lentidão na chegada das vacinas para o município, vemos nesse consórcio uma oportunidade de agilizar a vacinação no nosso município”, ressaltou o prefeito Sávio Gurgel.

Frente dos Prefeitos

Após o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizara, no dia 23 de fevereiro, a compra de vacinas contra a covid-19 pelos estados e municípios, a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) anunciou a criação de um consórcio para organizar as aquisições, de forma a complementar a oferta do Programa Nacional de Imunização (PNI), caso ela seja insuficiente para atender à demanda.

O objetivo é buscar alternativas que não estão sendo adquiridas pelo Governo Federal. A compra de vacinas por estados e municípios foi autorizada pelo STF apenas em caso de descumprimento do PNI, pelo governo federal, ou de insuficiência de doses previstas para imunizar a população.

Sem lockdown

De acordo com o prefeito Sávio Gurgel, a única maneira de superar esse momento é vacinando a população e intensificando as fiscalizações. “Peço que todos se conscientizem e diminuam as aglomerações nos finais de semana, nos sítios, porque a fiscalização vai ser mais rígida para evitar medidas mais rígidas. Tomamos a decisão ao longo da manhã de hoje e apesar do momento ainda ser moderado, estamos com 78% da capacidade dos leitos ocupados e precisamos muito da conscientização da população para que a gente evite ter um lockdown na nossa cidade”, enfatizou.

 

ASCOM


DHomem

Deixe um comentário