Nathizael diz que não aceitou ser vice de Sávio Gurgel

0
Compartilhe

Após sair rumores da suposta formação de uma composição para disputa eleitoral de 2020, com Sávio Gurgel(PDT) e Nathizael Gonçalves(PSD), pré-candidatos a prefeito e vice respectivamente, coube ao parlamentar dizer que não era verdade, já que em momento algum durante a conversa envolvendo Leleo, Raimundinho Cordeiro, Sávio e ele, ficou definida essa união, que foi sim, sugerida por Sávio, que até chegou em um certo momento da conversa até cogitar que poderia ser vice de Nathizael.

 

O vereador Nathizael Gonçalves(PSD), disse que tem se esforçado no sentido de construir uma unidade e que conseguiu nos últimos dias reunir lideranças politicas que caminharam juntos nas ultimas campanhas, como Liro Paz(PSB), Guida Maia(PCdoB), Edivanir Fernandes(Didi do Agaci)(PP) e Adriana Ribeiro(PMB), para que estes possam formar um bloco para as eleições municipais do próximo ano. Segundo o parlamentar a ideia é que estes possam ir para o Progressistas, mesmo partido que ele deverá se filiar quando for aberta a janela partidária. Para tal, Nathizael aconselhou que Guida Maia, Didi do Agaci e Liro Paz, iniciem um trabalho de divulgação de suas pretensões para concorrerem ao cargo de prefeito, e que ele fará o mesmo, mas que o ex-prefeito Raimundinho Cordeiro(PSD), continua com seu nome a disposição e que assim todos possam estarem em pé de igualdade, e com isso aquele nome que esteja melhor na aceitação popular, seja o candidato de todo o grupo.

 

Nesta composição, ele não descarta a vinda de Sávio Gurgel, assegurando não ter nenhuma rejeição, assim como de todos que queiram somar no grupo. Segundo ele, Sávio teria dado a entender durante a conversa que poderia receber o apoio de Weber Araújo(PRB), atual prefeito, caso não foi possível ser apoiado daquele grupo, e inclusive reafirmou que sua pretensão seria compor com Nathizael, que preferiu silenciar, deixando claro que não aceitou, e que ficou surpreso o vazamento do que teria sido conversado, e de forma distorcida, já que havia o entendimento que como nada teria sido acertado, não deveria ser tornado público.

 

O vereador disse que necessita ouvir muita gente, pois existe um grupo politico formado por vereadores que votaram nele para presidente da Câmara Municipal de Russas, e que ele só seria candidato se fosse de todo o grupo, nunca isoladamente, sendo necessário ainda ouvir Marcos Estácio(PSD) e Zé de Fátima(SD) que manifestam o desejo de serem candidatos a vice-prefeito. Sua meta é unir, aliados do Raimundinho que estiveram com ele nos últimos pleitos e na campanha do deputado Nelinho Freitas, e ainda aqueles que lhe acompanham no parlamento russano e até novas lideranças.

 

– TV Russas


DHomem

Deixe um comentário