Idoso aparece em lista de vacinados contra a Covid sem ter recebido a dose, em Juazeiro do Norte

0
Compartilhe

A família de um idoso de Juazeiro do Norte, no Cariri, denuncia que seu nome consta na lista de pessoas vacinadas contra a Covid-19 no município, sem ter sido, de fato, imunizado. O nome do aposentado Sebastião João dos Santos, 86 anos, foi cadastrado por uma agente de saúde e aparece como um dos contemplados desde o último dia 5. A Secretaria de Saúde do Município (Sesau) alega que houve um erro da assinatura na lista de vacinação. 

exame

Filha de Sebastião, a costureira Maria do Socorro dos Santos conta que a agente do seu bairro, o São Miguel, listou todos os idosos aptos a receber a vacina em sua rua. No último dia 5 de fevereiro, vizinhos de seu pai chegaram a ser imunizados, enquanto o familiar não foi procurado, conforme garante Maria do Socorro. Ao saber disso, questionou a Sesau, cobrando a imunização.

Na última segunda-feira (22), Socorro procurou a coordenadora da UBS, que acessou os históricos e constatou que seu pai teria sido vacinado. “Ela falou que tinha sido outra pessoa que assinou. A vizinha teria assinado como responsável pelo meu pai”, detalha. A justificativa não foi aceita pela família. “É estranho, porque disse que foi a digitação da Secretaria que errou. Como foram duas assinaturas? Cadê a dose dele?” questiona.

Equívoco

Em nota, a Secretaria de Saúde de Juazeiro do Norte explica que o nome do idoso consta na relação de vacinados porque houve um equívoco no momento da assinatura da lista de vacinação. A família já teria sido comunicada do erro.

“A pessoa responsável por outra idosa que recebeu a imunização iniciou a assinatura da lista no espaço correto e concluiu na linha de baixo, que corresponde a este idoso, que ainda não recebeu a dose. Durante a digitação das listas, interpretou-se que esta assinatura era referente ao idoso que não foi vacinado”, detalhou.

Sem ser imunizado até agora, a situação preocupa a família, pois, seu pai é diabético, hipertenso e faz tratamento contra um câncer. “Pessoas mais saudáveis que ele já foram vacinadas. Disseram que os vizinhos receberam a dose que sobrou dos abrigos, mas é estranho porque, quando sai a lista da Secretaria tem a quantidade exata de cada local. Não pode faltar nem sobrar”, denuncia a costureira.

“Hoje, os filhos não podem visitar ele, com medo de transmitir a doença. Ele mesmo fica na ansiedade pela vacina e já foi sozinho no ponto atrás”, desabafa Socorro.

Sobre a aplicação da vacina em Sebastião, a Sesau ressaltou que, tão logo cheguem novos imunizantes Oxford/AstraZeneca, ele será vacinado, conforme cronograma de prioridades. Na terra do Padre Cícero, já foram imunizados 1.735 idosos acima de 75 anos, que corresponde a apenas 18% da meta. O Município aguarda a distribuição das doses que chegaram nesta quarta-feira (24) ao Ceará.

 

Fonte- Diário do Nordeste


DHomem

Deixe um comentário