Fim de semana sangrento no Ceará registra 39 homicídios, entre as vítimas 3 mulheres

0
Compartilhe

Homicídio-32-500x333Trinta e nove pessoas foram assassinadas durante o fim de semana no Ceará, segundo registros das autoridades da Segurança Pública. O maior número de homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte aconteceu na Região Metropolitana de Fortaleza, com 14 mortes. Logo depois, aparece a Capital, com 10 assassinatos. Outras nove pessoas foram assassinadas no Interior Norte  e seis no Interior Sul. Entre as vítimas figuram três mulheres. No ano, já foram contabilizados no estado 1.866 Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs).

Em Fortaleza, os 10 assassinatos ocorreram nos seguintes bairros: Antônio Bezerra (2), Dias Macedo (2), Jardim Iracema, Cais do Porto, Joaquim Távora, Carlito Pamplona. Conjunto São Cristóvão e Conjunto José Walter.

Na Região Metropolitana de Fortaleza, 14 pessoas foram mortas nos seguintes Municípios: Caucaia (7 assassinatos e achados de cadáveres), Maranguape (3), Pacajus (2), Eusébio (1) e São Gonçalo do Amarante (1).

No Interior Norte, nove assassinatos foram registrados nos seguintes Municípios: Ipu, Itapipoca, Apuiarés, Pentecoste, Ararendá, Itapajé, Madalena, Acaraú e Viçosa do Ceará.

Já no Interior Sul foram registrados somente seis homicídios em Tabuleiro do Norte, Solonópole, Crato, Tauá, Acopiara e Juazeiro do Norte.

Mulheres mortas

Três mulheres estão na lista dos 39 mortos na violência do fim de semana no estado. A primeira vítima foi identificada apenas por Rosanny, cujo corpo, decapitado, foi localizado no começo da manhã de sexta-feira (11) em um matagal às margens da Estrada Velha do Garrote, no Município de Caucaia, na RMF. Segundo a Polícia, na noite anterior, a garota e uma amiga foram seqüestradas por bandidos no Conjunto São Miguel, também em Caucaia, e levadas para o local do crime. Contudo, a amiga de Rosanny conseguiu fugir.  O crime é atribuído a membros de uma facção criminosa.

O segundo assassinado ocorreu na manhã de domingo (13), na localidade de Fechado Grande, no distrito de Vila Marruás, zona rural do Município de Tauá, na Região dos Inhamuns (337Km de Fortaleza).   A Polícia registrou um caso de feminicídio tendo como vítima a servidora pública municipal, Antônia Ivone Xavier Pereira, 54 anos. Por volta de 6h30, ela teve a casa invadida pelo ex-marido, Davi Domingos Evangelista. Ivone, que era funcionária de serviços gerais da Escola Municipal Enéas Alves Mota, acabou sendo morta com vários golpes de faca.  O suspeito está foragido.

Ainda na noite de domingo, Dia das Mães,  uma jovem, ainda não identificada, foi assassinada, a tiros, dentro de uma  residência no Conjunto São Cristóvão, no Grande Jangurussu.

Tragédia familiar

Na tarde do Dia das Mães, uma tragédia familiar se abateu sobre uma família de agricultores, residente na zona rural do Município de Acopiara (340Km de Fortaleza). O fato ocorreu na localidade de Baixio dos Duarte, onde o agricultor Lucival Duarte Lira, 51 anos, foi morto, a tiros, pelo próprio filho.  O rapaz, identificado apenas por Maycon, teria assassinado o pai quando este agredia a esposa, mãe do suspeito.  Após o crime, Maycon fugiu.

Decapitados

Dois corpos foram encontrados decapitados. Além do caso da jovem degolada e deixada na Estrada do Garrote, em Caucaia, na manhã de sexta-feira (11), no sábado (12), o cadáver de um homem foi localizado também com a cabeça cortada nas margens da Estrada da Tangueira, em Maranguape.

Ceara news7


DHomem

Deixe um comentário