Em reunião com presidente e governadores, Camilo Santana defende sistema único de segurança no País

0
Compartilhe

122442No segundo dia cumprindo agenda em Brasília, o governador do Ceará, Camilo Santana, participou nesta quinta-feira (1) de reunião com o presidente da República, Michel Temer, e governadores para discutir o tema da segurança pública. Na ocasião, o chefe do Executivo cearense defendeu um sistema único de segurança pública no País, assim como já existe na saúde e educação, a criação de um fundo financeiro de apoio aos estados e a implantação de centros regionais de inteligência da Polícia Federal.

“Há muito tempo venho alertando para a necessidade do envolvimento do Governo Federal com esse assunto da violência, que afeta todos os brasileiros. É papel da União combater o tráfico de drogas e armas, além de proteger as nossas fronteiras. É inadmissível que esse assunto tenha sido ignorado por tanto tempo. Defendo um sistema único de segurança pública no país, como tem na saúde e educação, a criação de um fundo financeiro de apoio aos estados nessa área e a criação de centros regionais de inteligência da PF, cuja sede no Nordeste luto para ser no Ceará”, disse Camilo Santana.

O presidente, por sua vez, anunciou uma linha de financiamento de R$ 42 bilhões para investimentos em segurança pública nos estados, como compra de equipamento para as polícias estaduais, nos próximos cinco anos.

Participaram também do encontro a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Carmen Lúcia; o presidente do Senado, Eunício Oliveira; o presidente da Câmara federal, Rodrigo Maia; além do novo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

No último dia 30 de janeiro, o governador esteve em Brasília para tratar do tema com presidente e, no mês passado, a União encaminhou para o Ceará uma força-tarefa de inteligência composta por policiais federais e integrantes da Força Nacional de Segurança Pública para reforçar a segurança no Estado.

Agenda em Brasília

Nesta quarta-feira (28), o governador Camilo Santana se reuniu com o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira; com o titular do Ministério da Integração Nacional (MIN), Hélder Barbalho; e com o ministro da Educação, Mendonça Filho.

Além de tratar do tema da segurança, o chefe do Executivo também garantiu a liberação de recursos para Cinturão das Águas e discutiu investimentos para escolas do Ceará.

 


DHomem

Deixe um comentário